Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2011

Estabelecer padrões

“As realizações do homem [em estabelecer normas, ou padrões] . . . são insignificantes em comparação com as normas existentes na natureza. As constelações, as órbitas dos planetas, as imutáveis propriedades normais de condutividade, ductilidade, elasticidade, resistência, permeabilidade, refratividade, força ou viscosidade dos materiais da natureza, . . . ou a estrutura das células, são uns poucos exemplos da espantosa padronização na natureza.” Encyclopædia Britannica , 1959, Vol. 21, pp. 306, 307

Qualidades

"As grandes qualidades do homem vêem-se quando está sozinho. Mas também os grandes perigos. O isolamento, no entanto, é essencial." Gonçalo M. Tavares, Diário de Notícias , 2004

A parte “respeitável” da sociedade

“A ideia de que a ‘maioria das pessoas acata a lei’ não passa de um mito conveniente. A maior parte dos britânicos admite só obedecer às leis que quer e quando quer. Uma pesquisa para o Centro de Estudos do Crime e da Justiça do King’s College, em Londres, revela que a maioria dos infractores pertence à parte “respeitável” da sociedade. Um terço dos entrevistados paga em dinheiro, sem nota fiscal, para evitar impostos; um terço não devolve o troco recebido a mais; e um quinto admite furtar no local de trabalho. Os pesquisadores concluíram que esse comportamento “indica a condição moral da sociedade, talvez bem mais do que os crimes violentos e os cometidos nas ruas.” Jornal Times , de Londres

Difusão de conhecimento

“Penso que a lei mais importante no nosso código inteiro é a sobre a difusão de conhecimento entre o povo. Não se pode idear outro fundamento, para a preservação de liberdade e felicidade. . . . Pregue, meu caro senhor, a cruzada contra a ignorância; estabeleça e melhore a lei para educar a plebe. Saibam os nossos compatriotras . . . que o imposto a ser pago para este fim [de educação] não é mais do que a milésima parte do que será pago a reis, sacerdotes e fidalgos que surgirão entre nós se deixarmos o povo na ignorância.” Thomas Jefferson, carta de 13 de agosto de 1786 a George Wythe, [amigo e co-signatário da Declaração de Independência]

Verdadeiros homens de acção

“Os verdadeiros homens de acção em nossos tempos, aqueles que transformam o mundo, não são os políticos e os estadistas, mas os cientistas.” W. H. Auden

Tecnocratas frios

“As pesquisas confirmam que a ciência desperta muito interesse e admiração, junto com a crença irrealística de que ela pode resolver todos os problemas; mas há também os que têm intenso medo e hostilidade . . . Os profissionais da ciência são vistos como tecnocratas frios, anónimos, que não se importam com os outros.” Lewis Wolpert, The Unnatural Nature of Science

Duas janelas

“Ciência e religião são duas janelas por onde as pessoas perscrutam a imensidão do Universo.” Freeman Dyson

Lógica proposicional

"Num artigo que escreveu sobre lógica proposicional, intitulado Recent work on the Principles of Mathematics , e publicado no International Monthly , vol 4 (1901), Bertrand Russell conseguiu combinar o humor com um rigor total, conforme evidencia a passagem que se segue: 'A matemática pura consiste inteiramente em afirmações do tipo: se tal e tal proposição é verdadeira de qualquer coisa , então uma outra proposição tal e tal é verdadeira dessa coisa. É essencial não analisar se a primeira proposição é realmente verdadeira, nem mencionar o que é o qualquer coisa de que é suposto ser verdadeiro... se a nossa hipótese é sobre qualquer coisa e não sobre alguém ou coisas mais particulares, então as nossas deduções constituem aquilo a que chamamos matemática. Por isso, a matemática pode ser definida como a disciplina em que nunca sabemos sobre o que é que estamos a falar, nem se o que estamos a dizer é verdadeiro.'" Keith Devlin, Matemática : a ciência dos padrões , Port

Geometria cartesiana

"Para além de permitir que gerações de matemáticos atacassem as questões geométricas recorrendo às técnicas da álgebra, a geometria cartesiana sustenta a actual tecnologia de gráficos em computador." Keith Devlin, Matemática : a ciência dos padrões , Porto : Porto Ed., cop. 2002 (um exemplo do descrito acima é a cena animada em computador do filme The Lawnmower Man em que as criaturas apenas existem como uma colecção de equações matemáticas na memória do computador.) Leitura adicional aqui .