Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2012

Falar com... quem?

"Disse alguém, um dia, que, ao longo da existência se começa por falar com os mortos, depois se fala com os vivos e, por fim, se acaba a falar consigo mesmo. De certo modo, rever e actualizar um livro ainda é uma forma de falarmos connosco." Nuno J. Espinosa Gomes da Silva

Paradoxo de Easterlin

"A premissa de que 'a maior rendimento corresponde maior felicidade' foi posta em crise nas sociedades ocidentais depois de se ter verificado que em muitos países com elevados níveis de rendimento existiam também elevadas taxas de infelicidade, registando-se uma situação que os economistas designam como 'economia sem alegria' . Com efeito, estudos empíricos revelaram que até um determinado nível de crescimento económico, o aumento de rendimento proporciona um aumento da felicidade, mas a partir de um determinado parâmetro de crescimento essa relação desaparece (paradoxo de Easterlin) , o que não se deve apenas à redução da utilidade marginal do rendimento ou da riqueza, mas sim a outros factores, de natureza psicológica, que os economistas a partir da década de 50 começaram a tomar em consideração, defendendo que as políticas públicas não deviam basear-se exclusivamente em critérios económicos (Richard A. Easterlin, The Economics of Happiness, Daedalus, 2004, 133,

A "miopia dos consumidores"

"A 'miopia dos consumidores' é a designação dada às práticas comerciais adoptadas por certas empresas que se baseiam na atribuição de vantagens económicas muito significativas no momento da contratação do serviço, mas que, a médio prazo, consubstanciam um encargo significativo, o qual acaba por capturar o cliente, mesmo que este depois se 'arrependa' da escolha inicial." Giuseppe Bellantuono,  Contratti e regolazione nei mercati dell'energia ,  il Mulino, Bologna, 2009, p. 160.

A História da Matemática - Episódio I - A Linguagem do Universo

Uma excelente série produzida pela BBC e apresentada pelo professor Marcus du Sautoy, do Departamento de Matemática da Oxford University. (Episódios seguintes -  II , III  e IV ) Referências http://people.maths.ox.ac.uk/dusautoy/newdetails.htm http://www.bbc.co.uk/podcasts/series/maths

A Terceira Margem

“Amo os grandes rios, pois são profundos como a alma do homem. Na superfície são muito vivazes e claros, mas nas profundezas são tranquilos e escuros como os sofrimentos dos homens. Amo ainda mais uma coisa de nossos grandes rios: a eternidade. Sim, rio é uma palavra mágica para conjugar a eternidade.” João Guimarães Rosa

Observar calmamente

“Observar calmamente, conservar a nossa posição, envolvermo-nos nos assuntos prudentemente, esconder as nossas capacidades e esperar a nossa vez, ser bom a manter um perfil baixo, nunca reclamar a liderança.” Deng Xiaoping, A estratégia dos 24 caracteres (orientações sobre política externa e de segurança da China,  mais tarde foi-lhe acrescentada a expressão «dar algumas contribuições»)

The Mathematical Art Of M.C. Escher

Beautiful and orderly world

“I try in my prints to testify that we live in a beautiful and orderly world, not in a chaos without norms, even though that is how it sometimes appears.”   Maurits Cornelis Escher

Processo de alargamento do saber

“No processo de alargamento do saber é de vez em quando necessário proceder a uma reordenação. Na maior parte dos casos a reordenação tem lugar mediante novas máximas, mas permanece sempre provisória. É por isso que são bem-vindos os livros que nos apresentam, não apenas o que de novo se vai descobrindo no plano empírico, mas também os métodos que passaram a estar em voga. Quando acontece vermos aquilo que sabemos exposto segundo um outro método, ou mesmo numa língua estrangeira, o assunto ganha um especial encanto: surge como novidade e debaixo de um aspecto rejuvenescido.”  Johann Wolfgang Von Goethe, in Máximas e reflexões.

Matemática e... animação

Uma belíssima animação realizada por Cristóbal Vila que recria diversos problemas e jogos matemáticos. Consegue identificá-los? Referências http://www.etereaestudios.com/ http://www.ndig.com.br/item/2012/02/matemtica-mecnica-e-arte-tudo-unido-em-uma-animao

Acriticamente

É sabido que a generalidade das pessoas acredita acriticamente no que os jornais, a rádio e principalmente a televisão comunicam e como são ineficazes os desmentidos posteriormente publicados, quase sempre tarde e com impacto insuficiente. Pedro Pais de Vasconcelos

Sound is the creative principle

"The more one studies these things, the more one realizes that sound is the creative principle. It must be regarded as primordial. No single phenomenal category can be claimed as the aboriginal principle. We cannot say, in the beginning was number, or in the beginning was symmetry, etc. These are categorical properties which are implicit in what brings forth and what is brought forth. By using them in description we approach the heart of the matter. They are not themselves the creative power. This power is inherent in tone, in sound."  Hans Jenny

Frozen music

“Architecture is the frozen music; music is the flowing architecture…”  Johann Wolfgang von Goethe